Ontem ocorreu o primeiro debate entre os candidatos à presidência da República no Brasil. A farsa televisiva interpretada por oito atores presentes e um candidato preso é o reflexo de parte da população brasileira especialmente interclasses e reflete algumas das faces da nossa sociedade, os seus desejos e a expressão de nosso momento:

Personagem candidato1: oligarca, recalcado, oportunista

Personagem candidato2: religioso, nacionalista, militar

Personagem candidato3: militar, autoritário, integralista*

Personagem candidata4: conservadora, moralista, capitalista verde

Personagem candidato5: autoritário, coroné, capitalista populista

Personagem candidato6: conservador, autoritário, capitalista selvagem

Personagem candidato7: conservador, autoritário, banqueiro

Personagem candidato8: autoritário, aproveitador da miséria social, capitalista populista

Personagem candidato9: autoritário, personalista, capitalista populista **

Autoritarismo é uma característica que atravessa todos os candidatos e a candidata. Capitalismo é o regime econômico admitido por todos os candidatos. Estado Nacional é o sistema aceito e imposto por todos.

Ativistas, movimentos sociais, sindicatos, classe trabalhadora são para estes candidatos uma ameaça ou fonte de aproveitamento para seus interesses e projetos de poder.

Atenção, por qual motivos estes candidatos não tocam nestes assuntos:

fim do latifúndio

fim da especulação imobiliária

fim dos agrotóxicos

fim da discriminação racial

fim da discriminação por sexualidade e gênero

apoio e solidariedade aos povos irmão da América Latina

fim da perseguição a ativistas de causas humanitárias

fim da perseguição a movimentos sociais

liberdade sindical e fim de perseguição

fim da guerra do estado e capitalismo contra os pobres e trabalhadores

fim da exploração capitalista

Os candidatos desta eleição e das anteriores representam apenas seus interesses e desejos.

Tomemos as rédeas das nossas vidas em nossas mãos lado a lado com nossos vizinhos, nossos companheiros de trabalho, nossos familiares  e vamos seguir construindo a libertação de líderes, a libertação daqueles que nos exploram.

Você tem o direito de não votar, votar nulo, votar em branco, não comparecer para votar.

Você pode, nós podemos escolher  livremente se auto organizar social e economicamente.

 

* : fascista a moda brasileira

** : ausente por estar preso.

 

Anúncios